Nelson Mandela, patrono mundial da educação a distância – EAD

nelsonmandela3

Nelson Mandela, ficou conhecido pela importância que dava para a educação, inclusive utilizando-a como “arma” para as mudanças necessárias na África do Sul e no mundo. Porém um fato sobre ele pouco conhecido é que Mandela foi um grande adepto da modalidade de EaD,  tendo sido o estudo a distância fundamental para a sua trajetória política e como líder.

Inicialmente Mandela entrou para a  University College of Fort Hare, porém foi expulso após o primeiro ano, por ter se envolvido em protestos estudantis, depois disso conseguiu ingressar, através do estudo a distância, na University of South Africa se graduar (BA-Bachelor of Arts) em 1943. Tempos depois foi estudar presencialmente Direito (LLB – Bachelor of Laws) na University of the Witwatersrand, uma universidade de alto nível e reconhecimento mundial, conseguindo um estágio em escritório de advocacia de alto prestígio, porém teve que abandonar os estudos em  1948 por falta de recursos financeiros.

Novamente Mandela recorreu ao estudo a distância, através da University of London.  Conseguiu ser autorizado a exercer a advocacia antes de estar formado, e em agosto de 1952, ele e Oliver Tambo haviam estabelecido o primeiro escritório de advocacia negro da África do Sul. Foi após isso que desenvolveu o movimento antiapartheid, resultando na revogação da permissão para advogar, algumas prisões,  até a condenação à prisão perpétua em 1964, que na realidade durou cerca de 28 anos, até fevereiro de 1990 quando foi finalmente libertado. Na prisão estudou de forma autodidata muitas coisas, entre elas línguas, e finalmente em 1989 já próximo ao final de sua prisão,  completou o curso a distância em Direito pela University of South Africa, colando grau in absentia (em ausência, já que estava preso),  em uma cerimônia em Cape Town.

Considerando o contexto que Mandela utilizou a modalidade EAD, que teve relevância e influência direta na construção do seu legado, não há exemplo maior e apropriado, das possibilidades e capacidades dos estudantes que utilizam a modalidade EaD, assim como, do poder que a educação possui para operar as grandes mudanças. Por tudo isso, podemos dizer que Nelson Mandela poderia ser considerado o patrono mundial da Educação a Distância.

Faça como Mandela, participe deste universo de oportunidades e venha estudar  na ESAB, a precursora da Educação a Distância no Brasil.

Clique aqui para conhecer os cursos.