Histórico Tecnológico | ESAB
Acesso ao Campus
Esqueci a senha

Histórico Tecnológico

Plataforma consagrada com nota máxima no MEC

A Escola Superior Aberta do Brasil, por ter ocupado lugar de vanguarda na oferta de cursos na modalidade e-learning no Brasil, ganhou grande popularidade e reconhecimento. Atualmente é conhecida em todos os estados do Brasil e outros países.

1Constituída em 23 de fevereiro de 1995, com principal foco na Educação a Distância, teve, em 10 de dezembro de 2004, sua razão social alterada, passando a denominar-se Escola Superior Aberta do Brasil Ltda. (ESAB).

2 – No início, no que diz respeito aos recursos didáticos, trabalhava com o envio de material impresso – apostilas – para os alunos. E as avaliações eram feitas mediante análise da produção de artigos desenvolvidos pelos discentes.

3 – Com o advento da LDB, Lei nº 9.394/96, e do Decreto Regulamentador nº. 2.394 de 10/02/1998, a ESAB modernizou-se. Optou pela migração das apostilas para o modelo e-learning, baseando-se nas principais universidades americanas, em especial na universidade de Phoenix, do Estado do Arizona, com larga experiência em EaD pela internet.

A ESAB atualmente encontra-se entre as referências nacionais e internacionais na modalidade à distância via e-learming. Possui tecnologia própria – o Ambiente Virtual de Aprendizagem SGE- Sistema Gestor de Educação® –, que se encontra na sua 10ª versão, garantindo à Instituição e alunos, controle e segurança em relação à produção intelectual, à metodologia e ao material educacional nela gestados.

O SGE- Sistema Gestor de Educação® é certificada pelo INPI – Instituto Nacional de Propriedade industrial e Intelectual, conferido através do processo nº 51 2913 000121-8 .(clique e conheça), baseando-se no conceito da Comunicação Interativa, utilizando os padrões internacionais SCORM e AICC.

Para alcançar o atual nível tecnológico, a equipe baseou-se em visitar as grandes universidades estrangeiras, na busca de se nivelar aos grandes softwares internacionais, o que qualificou a Instituição para o desenvolvimento de seu próprio software.

4Em 18/02/2004 a plataforma SGE- Sistema Gestor de Educação® foi reconhecido pela Comissão Avaliadora do MEC, na ocasião da visita in-loco destinada ao credenciamento da Instituição para oferta de cursos de pós-graduação pela internet,

Neste parecer, em que já se passaram mais de10 anos, a comissão do MEC fez as seguintes afirmativas:

“Durante a visita in-loco a comissão constatou que a Instituição possui um sistema de tecnologia de informação desenvolvido com uma organização administrativa e de controle da utilização pelos usuários e pela própria Instituição. […] Destaca-se a linguagem simples apropriada à modalidade a distância.

O site está organizado de forma ergonômica, o que facilita o acesso e a comunicação do aluno. Deseja-se que os discentes se sintam acolhidos como se estivessem em um campus físico presencial. Por essa razão, foram concebidos e disponibilizados os mais diversos meios de interatividade, com vista ao esclarecimento de dúvidas acadêmicas e financeiras, entre outras.

“Por sua vez, o Ambiente Virtual de Aprendizagem – Sala de Aula – conta com diversos links, que facilitam a interação, a pesquisa e a comunicação direta tanto com os professores e tutores, quanto como os alunos”.

5 – Em 2014 , e devidamente credenciada e autorizada pelo MEC, e com o propósito de dar consistência a plataforma, a ESAB em fase experimental lança seus cursos de graduação em EAD, já na nova plataforma SGE, integrando os cursos de graduação em EAD, pós-graduação em EAD e graduação presencial. Reconhecida como única no mundo com tantos recursos tecnológicos em um único banco de dados.

6 – Em abril de 2014 visando garantia em seus produtos e serviços, migrou toda a parte tecnológica e conteúdos, para o provedor internacional da Amazon, que tem garantido total segurança em ofertarmos nossos cursos em Cloud Computing mantendo no ar, 24 horas nos 7 dias da semana

7 – Em maio de 2014 a ESAB recebe a comissão do MEC formada por três pós-doutores para seu recredenciamento e avaliação da plataforma, em que além da aprovação de seu recredenciamento, recebe a seguinte referência:

“A IES oferecerá em breve seus três cursos de graduação à distância: Pedagogia, Administração e Sistema de Informação”. A plataforma para a implementação destes cursos é MUITO desenvolvida e deriva da grande experiência da IES para cursos de pós–graduação lato sensu.

“Tal fato, aliado a uma estruturação de recursos humanos e físicos, produzem uma garantia ALÉM dos referenciais mínimos para a implantação e operacionalidade dos cursos de GRADUAÇÃO A DISTÂNCIA.”

E mais:

“As políticas Institucionais de pós-graduação lato sensu a distância são operacionalizadas de modo muito efetivo através do uso de uma plataforma própria, integrada de ensino e acompanhamento (SGE – Sistema Gestor de Educação – ILMS) muito desenvolvida”.

De fato a IES estabelece a melhoria e ampliação contida dos processos de EAD como uma prioridade. Neste aspecto, a IES está muito além do referencial mínimo de qualidade.”

8 – Em 17 de dezembro de 2015 recebe nova comissão do MEC, agora para RECONHECER o curso de Sistema de Informação onde obteve total êxito e nova nota máxima em sua plataforma em que destacamos o parecer da comissão:

Tecnologias de Informação e Comunicação – TICs – no processo ensino aprendizagem: Nota 5

 

Justificativa para conceito 5: Por meio de acesso ao ambiente virtual de aprendizagem (AVA) realizado por tutor do curso e acompanhado pela Comissão verificou-se que o ambiente virtual permite o pleno desenvolvimento das atividades acadêmicas, apresenta ótima usabilidade e interface amigável.

 

 Na reunião com o Corpo docente e tutorial, bem como com o Corpo discente, o AVA foi muito elogiado como ferramenta para o desenvolvimento das atividades. Além disso, a IES mantém laboratório de informática com conexão à Internet para eventual uso dos alunos.

 

Assim, considera-se que os recursos de Tecnologia de Informação e Comunicação implantados no processo ensino-aprendizagem permitem, de maneira excelente, a execução do projeto pedagógico do curso e a garantia da acessibilidade e do domínio das TICs”

9 – Finalmente em 21 de Junho de 2017,  a Plataforma SGE – Sistema Gestor de Educação, de propriedade da ESAB, é certificada pelo INPI – Instituto Nacional de Propriedade industrial e Intelectual, conferido através do processo nº 51 2913 000121-8 .(clique e conheça)

ESAB – Uma história de pesquisa, ensino e persistência em busca da excelência em EAD pela Internet.