Guia profissional – Administração Pública

guiaadmpublica

Esse profissional é um administrador especializado em instituições governamentais, além da elaboração e acompanhamento de políticas públicas. Ministérios, secretarias, órgãos federais, concessionárias de serviços públicos, estaduais ou municipais, são os principais campos de atuação para o bacharel em administração pública, cuja atuação está diretamente relacionada à elaboração, coordenação e avaliação das políticas que têm como objetivo atender as demandas coletivas.

Na elaboração das políticas públicas, esse profissional determina objetivos e diretrizes, administra as linhas de financiamento com recursos públicos e privados, gerencia os orçamentos e acompanha licitações. Faz parte de suas atribuições organizar a infraestrutura, a logística e a operação em campanhas públicas, como por exemplo, de construção de moradias ou de vacinação.

Mesmo com o campo de atuação predominantemente no setor público, esse bacharel pode encontrar oportunidades em empresas privadas, para gestão de parcerias com o governo ou no campo da responsabilidade social. As associações sem fins lucrativos, como organizações não governamentais (ONGs), também são grandes oportunidades, devido a necessidade de constante relacionamento com as políticas públicas. E ainda, trata-se do curso mais interessante para quem foca em uma carreira política, pela qualificação na gestão de órgãos governamentais e políticas públicas.

Outras funções possíveis

  • Gestão de políticas públicas. Criação de diretrizes para programas e  soluções para os poderes Executivo e Legislativo;
  • Administração dos programas de metas, gerenciamento orçamental e gestão de programas sociais em organizações não governamentais;
  • Assessoria para políticos em cargos públicos (vereadores, deputados estaduais e federais, senadores, prefeitos e governadores) em gabinetes oficiais, orientando  na elaboração de políticas públicas;
  • Administração do relacionamento entre empresas públicas e privadas.

Mercado de Trabalho

Existe uma grande demanda por este profissional em todo o Brasil, e um mercado de trabalho à ser explorado. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografa e Estatística (IBGE) o Brasil tem 5.570 municípios, dos quais a grande maioria das prefeituras não dispõe de um administrador público entre seus gestores.

Além de poder atuar como funcionário do Estado, este profissional encontra boas oportunidades em concessionárias de rodovias e a construtoras, por exemplo, empresas que prestam serviços para órgãos públicos, fazendo a mediação e gestão das adequações para as particularidades e regras específicas deste setor.

O terceiro setor, como ONGS, vem gerando cada vez mais oportunidades para o bacharel em administração pública, sendo a Região Sudeste a que concentra o maior número de vagas. No Rio de Janeiro, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) são tradicionais empregadores desses profissionais.

Clique aqui e conheça o curso de graduação em Administração Pública da ESAB, predominantemente on-line. Único com conclusão em 3 anos.