EAD pode corresponder a 51% do ensino superior nos próximos 5 anos

ead5anos

A educação a distância (EAD), sobretudo no ensino superior, vem crescendo em ritmo acelerado no Brasil. Entre os anos de 2014 e 2015, o ensino superior presencial cresceu 2,3%, enquanto a modalidade EAD aumentou 3,9%, segundo o último Censo da Educação Superior. De acordo com pesquisa feita pelas empresas Sagah e Educa Insights, a previsão é que nos próximos cinco anos o ensino a distância corresponda a 51% do mercado.

O rápido desenvolvimento desse setor tem suas razões. Além dos cursos a distância oferecem uma qualidade similar ao ensino presencial, ainda apresentam algumas vantagens aos alunos, como flexibilidade de horário e local de estudos, com ampla vivência digital. Isso porque em geral os cursos são ministrados pela internet, permitindo muito mais liberdade e economia para o anulo.

Uma outra grande vantagens do ensino a distância é o tempo de duração dos cursos, que em alguns casos pode ser consideravelmente mais rápido do que o presencial, como é o caso dos cursos de bacharelado e licenciatura da ESAB, com previsão de conclusão em 3 anos.

O público que estuda pela modalidade EAD vem mudando muito nos últimos anos. Originalmente era mais voltado para pessoas acima de 30 anos, que já estavam no mercado de trabalho e não dispunham de tanto tempo para uma faculdade presencial, porém, cada vez mais jovens vem se interessando pela modalidade. De acordo com os especialistas o interesse ocorre pela característica multitarefa dessa geração Z, que aproveita o tempo livre gerado pelo EAD para outras atividades e aprendizados.

Clique aqui para conhecer os cursos de graduação e pós-graduação da ESAB e inicie o seu processo seletivo on-line.