Entenda o que é o Enade e como funciona

enade

 

O Enade – Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes é um dos indicadores de qualidade dos cursos superiores presenciais em EAD, que é utilizado pelo INEP/MEC, cujas notas são determinadas por intermédio de avaliações específicas:

  • provas presenciais para os alunos de graduação ingressantes (que já cursaram até 25% da estrutura curricular) e concluintes (mais de 75% cursado);
  • questionários para os estudantes e coordenadores do curso.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), é uma entidade pública federal vinculada ao Ministério da Educação (MEC), sendo responsável pelo Enade, pelo ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) e pelos censos escolar e universitário, além de outras atribuições.

Como funciona?

O Inep divulga o conjunto de cursos que deve participar do Enade, alguns meses antes da realização do exame. Por exemplo, em 2014, foram avaliados os cursos superiores de Ciências Exatas, Licenciaturas e áreas afins, como também os eixos tecnológicos de: Controle e Processos Industriais, Informação e Comunicação, Infraestrutura e Produção Industrial.

São avaliadas diferentes áreas de conhecimento a cada ano, definidas por intermédio de um rodízio. Depois disso, as instituições de ensino superior fazem as inscrições, cadastrando os alunos aptos a participar da prova e prestar informações sobre a faculdade.

Para que serve o Enade?

Avaliar o desempenho dos estudantes do ensino superior em relação ao conteúdo programático do curso de graduação em análise, além do preparo desses discentes para ingresso na vida profissional. O resultado dessa avaliação é convertido em nota para o curso de graduação, seja ele presencial ou EAD.

As notas do Enade vão de 1 a 5, e o critério adotado define que as notas 1 e 2 são consideradas insatisfatórias, a nota 3 é considerada satisfatória (atende a expectativa do INEP/MEC), enquanto 4 e 5 indicam níveis mais elevados de qualidade.

As notas obtidas no Enade definem apenas a qualidade individual do curso em avaliação, e não indicam a qualidade da instituição como um todo. Porém, o INEP/MEC também utiliza as notas do Enade para avaliar a qualidade do ensino superior no Brasil, em conjunto com o Conceito Preliminar do Curso (CPC) e o Índice Geral de Cursos (IGC).

Conheça os cursos superiores da ESAB:

Cursos de licenciatura e bacharelado EAD

Cursos de Lato Sensu EAD