O aprendizado em uma faculdade EAD é tão bom quanto nas presenciais?

defesadetcc2765

A educação a distância se consolidou de maneira irreversível nos últimos anos, suprindo as demandas de formação daqueles que não teriam condições de frequentar um curso superior presencial, seja pela falta de tempo, ou pela dificuldade de deslocamento. Esta modalidade viabilizou a milhares de cidadãos o tão importante acesso ao ensino superior, e levou o mercado brasileiro profissional à um novo nível, dispondo de profissionais mais qualificados, nos seus diversos setores.

Porém, mesmo com todo o investimento de instituições líderes de mercado em cursos nesta modalidade, e do próprio governo, em Universidades Federais a distância, os mais céticos ainda duvidam que um curso EAD possa ter a mesma qualidade de ensino que tem um curso presencial. Existe uma linha de pensamento que acredita ser fundamental para o estudante, interagir presencialmente com outros alunos, para formar as suas experiências pessoais. E além disso, não se acredita que um aluno disponha da dedicação necessária para estudar em um curso EAD e obter os mesmos resultados do aluno presencial.

A eficiência da educação a distância tem sido amplamente comprovada, não apenas pelo aumento crescente da oferta de cursos nesta modalidade, mas especialmente por pesquisas aplicadas para medir os resultados juntos aos seus alunos.
Os resultados são realmente impressionantes, e em alguns casos, os alunos de EAD tiveram resultados superiores aos alunos presenciais. No ano de 2007, o MEC (Ministério da Educação) promoveu uma análise sobre os resultados do ENADE, e constatou que na maioria dos cursos em que haviam alunos EAD e presenciais, houveram resultados superiores dos alunos que estudaram pela modalidade a distância.

Em 2009, a consultoria SRI Internacional, encomendou um estudo sobre a performance dos alunos a distância em relação aos alunos presenciais, contemplando o período entre 1996 e 2008. Os resultados revelaram que, além dos alunos EAD demonstrarem um conhecimento similar aos alunos presenciais, também dedicavam mais tempo estudando, devido ao acesso a ferramentas inteligentes e interativas, que facilitam procedimentos como: pesquisas, participação de fóruns de discussão, além da possibilidade de esclarecer dúvidas diretamente com o tutor.

Os especialistas desta área são unânimes em afirmar que os cursos EAD são o futuro da educação, não tão somente pelas inúmeras vantagens operacionais, econômicas e práticas da modalidade, mas especialmente pela eficiência das ferramentas e possibilidade do aluno personalizar a sua forma de estudo. Além disso, existe uma tendência que as próximas gerações de alunos do ensino superior, tomando como exemplo a geração Z (nascidos depois do ano 2.000) estarão muito mais adaptadas a ferramentas e relacionamentos online, facilitando que aconteça uma ampla adesão a esta modalidade de ensino.

De acordo com a ESAB, Escola Superior Aberta do Brasil, instituição de ensino superior que aplica o método e-Learning há mais de 15 anos, está cada vez mais comum a matricula de alunos com idade inferior aos 30 anos, o que evidencia uma maior popularização da modalidade e da eficiência de seu método.

Clique aqui e conheça os cursos a distância da ESAB.