ESAB promove grupos de estudos para alunos

grupo de estudos

 

Cumprindo o seu papel na área de pesquisa e desenvolvimento de disciplinas acadêmicas, a ESAB iniciou no ano de 2014 um programa visando promover grupos de estudos entre os alunos dos seus cursos de graduação presencial e graduação EAD.

Nos grupos de estudos, que acontecem na sede da ESAB, os alunos têm a oportunidade de aprofundar discussões sobre temáticas específicas e vivenciar experiências que ultrapassam as perspectivas de aulas convencionais. A participação não é obrigatória, pois trata-se de uma atividade extracurricular, porém, para aqueles que participam tem a responsabilidade de apresentar um trabalho, com o tema alinhado aos objetivos propostos pelo grupo.

Atualmente existem dois grupos em funcionamento, os quais descreveremos, de forma mais detalhada, abaixo.

 

- Neurociência e educação – Processos de aprendizagem.

Carga horária: 13 h/a

Ementa: Desenvolvimento de temas específicos dentro dos estudos de neurociência e suas aplicações na educação, e funcionamento do cérebro e processos de aprendizagem.

Orientado pela prof. Silvia L. P. Seabra, o objetivo do grupo é conhecer os fundamentos básicos da neurociência e sua relação com a educação e com os processos de aprendizagem, bem como o de contribuir, a partir dos conhecimentos em neurociências, o estabelecimento de diálogos sobre os sucessos e insucessos de estratégias pedagógicas correntes no processo de ensino-aprendizagem.

Iniciado no mês de março, os encontros acontecem todas as quintas-feiras.

 

- Trabalho Educação e Educação de Jovens e Adultos (GETREJA)

Carga horária: 60 h/a

Ementa: Desenvolvimento de temas específicos sobre o campo de confluência, Trabalho Educação e Educação de Jovens e Adultos.

O grupo é orientado pelo professor Custódio Jovêncio Barbosa Filho, e tem por objetivo, identificar elementos teóricos e metodológicos presentes nas obras de Marx, Engels, e principalmente as ideias do historiador marxista Edward Palmer Thompson que contribuem para a análise das relações históricas entre trabalho, educação, cultura e o ensino de jovens e adultos, considerando a singularidade da experiência humana coletiva na construção e reprodução da realidade histórica-humana-social.

Em 2015, o GETREJA, iniciou seus trabalhos em março, e de acordo com o calendário, terá encontros até dezembro de 2015. Estes encontros ocorrem quinzenalmente nas sextas-feiras.

 

Projeção dos trabalhos produzidos pelos grupos

Recentemente o grupo de estudos “Trabalho Educação e Educação de Jovens Adultos (GETREJA)”, teve um de seus trabalhos aceito pela Comissão Científica do V SENAFE – Seminário Nacional de Filosofia e Educação: Confluências e I SEINFE – I Seminário Internacional de Filosofia e Educação, intitulado “O Materialismo Histórico e Dialético como Possibilidade Metodológica no Ensino de História na EJA”.

Clique aqui e saiba mais sobre os cursos de graduação EAD, oferecidos pela ESAB.